Veteranos da Apple lançam startup para modernizar carros

Como a impressão 3D está ajudando a salvar vidas
30 de junho de 2016
Nasa encontra “segunda Lua” ao redor da Terra
7 de julho de 2016
Mostrar todos posts

Veteranos da Apple lançam startup para modernizar carros

São Paulo – Um trio de ex-engenheiros da Apple quer transformar o seu carro em uma máquina mais tecnológica. Bryson Gardner, Joseph Fisher and Brian Sander fundaram nessa semana a Pearl. A proposta não é construir um novo carro trazendo inovação, mas fornecer acessórios que tragam novas e práticas funções aos carros que já rodam no mundo.

Com 50 milhões de dólares de investimento e 70 funcionários – sendo que 50 são ex-servidores da Apple – a marca lançou seu primeiro produto: uma câmera traseira com um sistema de alerta. Chamada de RearVision, ela é instalada na placa do automóvel e transmite vídeo ao vivo em alta definição para um smartphone.

A fácil instalação do aparelho é uma das características que diferencia o RearVision de outros sistemas similares. Segundo o site da empresa, é preciso apenas uma chave de fenda e alguns minutos para colocar a câmera na placa.

Após a instalação, o usuário precisa integrar a câmera com a central eletrônica do carro. Isso é feito a partir de um adaptador que deve ser colocado no diagnóstico a bordo (OBD) do automóvel, que fica localizado embaixo do volante. Desse modo, a câmera pode se conectar ao aplicativo da marca em seu smartphone e enviar alertas sonoros e visuais de obstáculos detectados pelo sistema.

Pelo app, ainda é possível deslocar a câmera para os lados, aumentando o ângulo de visão. Com painéis no inferior da placa, a câmera é alimentada por energia solar.

Divulgação/Pearl Auto

Pearl Auto Rear Vision

O produto é reflexo de uma lei recente dos Estados Unidos que exige que todos os carros novos tenham câmeras traseira até maio de 2018. No Brasil, há um projeto de lei de 2014 que quer tornar obrigatório o uso de câmera de marcha à ré em automóveis.

Em entrevista para o site Recode, Gardner disse que o trio não queria convencer as pessoas que elas precisavam do produto. “Nós intencionalmente começamos com algo que os consumidores estão pedindo hoje.”

O RearVision custa 499 dólares nos EUA e sua entrega começa a ser feita em setembro. Quem mora nos Estados Unidos já pode fazer uma encomenda no site oficial da marca.

O vídeo abaixo mostra como o RearVision funciona:

 

Fonte: Exame

Os comentários estão fechados.

×