Conheça a primeira usina solar flutuante do Brasil

Nova técnica extrai ouro e cobre de lixo eletrônico
18 de novembro de 2016
Hardware Startups: Não se assuste! Compartilhe!
25 de novembro de 2016
Mostrar todos posts

Conheça a primeira usina solar flutuante do Brasil

Não é de hoje que sempre destacamos aqui projetos incríveis e inspiradores que usam energia solar, um meio renovável que é tão efetivo quanto o tradicional. Agora, temos orgulho de fazer um post sobre a primeira usina solar flutuante no Brasil, que começou a funcionar recentemente no estado de São Paulo.

Usina solar flutuante brasileira: como funciona?

Localizada na cidade de Rosana, que fica a 755 km da capital paulista, a primeira usina solar flutuante brasileira foi instalada há um mês no reservatório de Porto Primavera, começando agora seu funcionamento – dois anos depois do início do seu desenvolvimento.

São duas plantas com painéis solares rígidos de 250 kW em terra e 25 kW em sistema flutuante. Além disso, há outras duas plantas com painéis solares flexíveis com 250 kW em terra e 25 kW em sistemas flutuantes, o suficiente para abastecer mais de mil casas que consumam mensalmente 100 kW/h de energia. A área ocupada é de aproximadamente 500 metros quadrados; já o reservatório possui 2.250 quilômetros quadrados.

Por meio de recursos do programa de P&D da Aneel, o projeto recebeu investimento de R$ 23 milhões da Companhia Energética de São Paulo (CESP). Segundo o secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles, a intenção do Governo do Estado ao investir nesse conceito é “testar tecnologias inovadoras para poder fornecer conhecimento para as empresas do setor instaladas no estado”.

Depois da usina solar flutuante de Rosana, os especialistas pretendem investir no projeto em outras cidades, como Balbina, no Amazonas, e em Sobradinho, na Bahia, que já tiveram as construções iniciadas. No futuro, deve se popularizar ainda mais, já que é uma tendência mundial tanto na geração de energia quanto no aproveitamento das subestações, linhas de transmissão das hídricas e a área sobre a lâmina d’água dos reservatórios.

Um conceito muito interessante e que torcemos que cresça por aqui. Energia solar é primordial para um futuro melhor e uma maneira de aproveitamento de recursos que realmente considera o meio ambiente! 

Os comentários estão fechados.

×